Cine Rural Itinerante

O Cinema não tem fronteiras nem limites. Um fluxo constante de sonho, um modo divino de contar a vida. É curioso quando as cores do mundo real, parecem muito mais reais quando vistas no cinema. Num filme, o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação. Graças ao silencio e a escuridão do que podemos chamar de situação cinema, ele é capaz de colocar o espectador em êxtase melhor do que qualquer outra expressão humana.

IMG_8856

Eu gostaria de fazer um filme que nos fizesse rir e chorar e nos fazer sentir bem a cerca do mundo em que vivemos, eu gostaria de fazer qualquer outra coisa que nos pudesse fazer sorrir. Este é um tempo em que precisamos sorrir mais. E é suposto que cinema faça isso às pessoas que vivem tempos difíceis.

É o melhor instrumento para exprimir o mundo dos sonhos, das emoções e do instinto.

Em todos os filmes, bons ou maus, além e apesar das intenções dos realizadores, a poesia cinematográfica luta para vir a tona e se manifestar.

IMG_8767

 

Ver no olhar singelo da plateia atenta, no olhar dos pequenos e também dos mais velhos a expectativa das primeiras luzes da projeção na tela, gratifica todo e qualquer esforço. Poder levar a magia da sétima arte a pessoas que nunca tiveram a oportunidade de estar numa sala de cinema, faz nos sentir bem e profissionalmente realizados.

Foram 14 comunidades com muito trabalho, percorrendo o interior de Rio Negro e Mafra numa maratona cinematográfica sem precedentes na história das duas cidades. Levanta tela, instala som e projetor, prepara a pipoca e finalmente, o filme. As gargalhadas vêm por consequência do que a imaginação extraiu na cabeça de cada um, na vontade de esquecer por alguns momentos o mundo real e se deixar levar pela magia da tela grande.

IMG_8783

Foi assim que aconteceu o Cine Rural Itinerante, que com sucesso conseguiu atingir o seu principal objetivo: levar cinema às áreas rurais de Rio Negro e Mafra, levar alegria e entretenimento e principalmente, reconhecimento a um povo que trabalha muito e faz movimentar essas duas cidades com suor, lágrimas e muito esforço.

Edemar Miqueta – Cineasta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s